Facebook testa ferramenta para combater caça-cliques

Foto: Reprodução

Com o intuito de ajudar os usuários, o Facebook a partir de hoje começa a experimentar uma ferramenta para combater manchetes caça-cliques. Ela funcionará como o bloqueio de spam em e-mails, segundo a companhia. Os testes acontecem em diversos idiomas, inclusive, português.

Os pesquisadores Thiago Gomes e Grace Costa consideram os enunciados caça-cliques como uma estratégia para atrair tráfego para os sites em que as "notícias" estão hospedadas. Os autores identificaram cinco padrões de títulos para atrair leitores no Facebook.

1 - Utilização de pronomes que fazem referência a algo que ainda será dito

“Aos 17, ela sofreu dois acidentes na mesma semana. Veja como ela está aos 22” (R7, 12/07/2015)

2 - Utilização de verbos no imperativo

“Tire suas dúvidas sobre a MP que reduz a jornada e corta salários para evitar demissões” (G1, 12/07/2015)

3 - Utilização do enunciado
no modo interrogativo

“Por que os brasileiros estão deixando a caderneta de poupança?” (G1, 12/07/2015)

4 - Construção de enunciado com sentido incompleto

“Clima fica tenso entre Fernanda Montenegro e Glória Menezes” (R7, 26/06/2015)

5 - Construção de enunciado em formato de lista

“30 das construções mais terríveis e bizarras do mundo” (R7, 12/07/2015)

Clique e leia na íntegra o artigo:
Caça-cliques no Jornalismo: 5 padrões de títulos para atrair leitores no Facebook